domingo, 22 de maio de 2016

Pedalada do centro de Viamão(minha casa) até Itapuã(entrada).

Viamão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. 

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição.

No século XVIII a região do atual estado do Rio Grande do Sul deixou de ser somente uma zona de passagem entre Laguna e aColônia do Sacramento (atual cidade de Colônia no Uruguai). Devido à farta presença do gado vacum trazido pelos jesuítas em 1680 às Missões, que já se havia espalhado pelo Continente de São Pedro, vários colonizadores se fixaram nas terras propícias à pecuáriae ao plantio.[6]
Os chamados Campos de Viamão abrangiam uma imensa área no nordeste do atual Rio Grande do Sul. Os tais campos correspondiam às terras situadas ao sul do rio Mampituba, tendo ao leste o oceano Atlântico e a oeste e a sul a baliza fluvial do Guaíba e da lagoa dos Patos. Para os paulistas e lagunistas que exploraram o Rio Grande a partir do "Caminho da Praia", os campos eram todas as planícies despovoadas à margem esquerda do Rio de São Pedro. Nessa região se estabeleceram os mais antigos povoadores do Continente, que inicialmente povoaram seus campos de animais, para só depois trazerem suas famílias. Posteriormente, com o desenvolvimento populacional, foi criada a freguesia de Viamão (1747), desmembrada de Laguna. A freguesia de Viamão deu origem, nas décadas seguintes, a diversas outras freguesias, como Triunfo (1756), Santo Antônio da Patrulha (1763) e Porto Alegre (1772), entre outras. [7]
No ano de 1725, Cosme da Silveira, filho de António Silveira de Ávila, natural do Conselho da Calhetailha de São JorgeAçoresPortugalCapitão-mor da referida localidade da Calheta, na ilha de São Jorge, integrou a frota de João de Magalhães, nomeado capitão pelo seu sogro Francisco de Brito Peixoto. Instalou-se nas cercanias do atual município de Viamão. Outro marco foi a chegada e fixação de residência de Francisco Carvalho da Cunha, em 1741, no sítio Estância Grande, onde foi erguida a capela da Nossa Senhora da Conceição.[6]
A partir dos primeiros colonizadores, a chegada dos açorianos deu o impulso definitivo no povoamento da região. Em 1747 foi elevada à categoria de freguesia. Com a invasão da cidade do Rio Grande, único porto marítimo e Capital da província, pelo espanhol Pedro de Cevallos, governador de Buenos Aires 1766, a sede do governo dacapitania teve de ser transferida para Viamão. A cidade conservou-se como sede do governo até 1773. Nesta época, a sede foi transferida para Porto dos Casais (atualPorto Alegre), já que esta localidade tinha um porto, ainda que não marítimo, o que facilitava tanto a proteção do domínio - então ameaçado - português na própria região, quanto à preparação de uma possível retomada de Rio Grande. E o Porto de Viamão (Porto Alegre), de qualquer forma, era por onde saiam todas as mercadorias, dali paraRio Grande e de Rio Grande para todo (o resto) do Brasil. No ano de 1880, Viamão separou-se de Porto Alegre.
Em 1889, com o advento da República e a dissolução das Câmaras Municipais como sede do poder executivo local (municipal), é eleito seu primeiro prefeito, o Tenente-Coronel Tristão José de Fraga, que anteriormente já era o presidente da Câmara Municipal já mencionada. Seu segundo prefeito será o Coronel Felisberto Luiz de Barcellos.
Da importância econômica da região, por ser sede das primeiras estâncias de criação de gado, originou-se o comércio e transporte da carne de gado (charque) e couro paraLaguna e São Paulo. As três rotas comerciais da época iniciavam-se onde é hoje o município de Viamão, conhecida como o Caminho do Viamão. A principal delas, a Estrada Real, saía dali e passava por VacariaLagesCuritibanosPapanduvaRio NegroCampo do TenenteLapaPalmeiraPonta GrossaCastroPiraí do SulJaguariaíva,Itararé, chegando a Sorocaba. Outra rota era através do litoral até Laguna.
A origem provável do nome Viamão é controversa. A versão mais comum é de que a partir dos morros da região e do topo da igreja matriz, é possível se avistar o rio Guaíbae seus cinco rios afluentes: JacuíCaíGravataíTaquari e dos Sinos, que formam uma mão aberta. Daí a frase: "Vi a mão". Conforme alguns, seria originário do nome "ibiamon", que significa "Terras de Ibias" (pássaros). Outros afirmam que seria uma passagem entre montes, o que chamavam de via-monte. E existe ainda o relato de que teria como origem o antigo nome da província de Guimarães, em Portugal: Viamara.[6]

Itapuã (Viamão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Itapuã é um distrito do município de Viamão, no Rio Grande do Sul[1] . Itapuã abrange o extremo sul do município, com praias junto à Lagoa dos Patos e ao rio Guaíba. Graças à políticas de preservação, o distrito conta com um ecossistema rico em espécies nativas, sendo um dos poucos locais onde é possível encontrar vegetação litorânea original, a Mata Atlântica, neste estado[2] . O Parque Estadual de Itapuã é uma das reservas que existem em Itapuã e a única que é aberta a visitação. O parque oferece palestras sobre ecologia e preservação do meio ambiente, trilhas, visitação a duas praias (Praia das Pombas e Praia da Pedreira) e ao Farol de Itapuã. A região na qual o parque se encontra foi palco de parte da Revolução Farroupilha e ainda possui alguns artefatos da guerra, para exposição. Em Itapuã, localiza-se também o Hospital Colônia Itapuã, que foi aberto em 1940, com o objetivo de isolar pessoas portadoras deHanseníase. Atualmente, o hospital abriga ainda poucos pacientes portadores da doença, alguns pacientes psiquiátricos (oriundos do Hospital Psiquiátrico São Pedro) e também funcionários que moram nas dependências do hospital.
Igreja Nossa Senhora dos Navegantes



sábado, 16 de abril de 2016

INFORMATIVO ONLINE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO SUL(14/03/2016)



            Muito obrigado à todos que de alguma forma fizeram parte dessa trajetória!

domingo, 10 de janeiro de 2016

                       Campeão do 1º Desafio Vertical Passo Fundo
                    27 andares - 510 degraus -  2min.34s.

                                  (primeira corrida vertical no Rio Grande do Sul, 12/12/2015)


Participation Races: 

2000: 2ª Corrida dos Degraus do Banespa - 32 floors - 820 steps - Sao Paulo/Brazil - 6º overall and 3 age group - time: 3min.38s.

2005: 28ª Empire State Building Run-up - 86 floors - 1576 steps - New York/USA - 9º overall and 3º age group - time: 12min.07s.

2006: 23ª Bop To The Top - 36 floors - 780 steps - Indianapolis/USA - 3º overall - time: 4min.03s.

2006: 29ª Empire State Building Run-up - 86 floors - 1576 steps - New York/USA - 9º overall and 2º age group - time: 12min.06s.

2010: Corrida Vertical Brasil - 31 floors - 765 steps - Vertical World Circuit (VWC) - Building Nestlé Brazil - Sao Paulo/Brazil - 9º overall and 2º brazilian - time: 4min.29s.

2011: 1ª Corrida Vertical Balneário Camboriú - 38 floors - 664 steps - Santa Catarina/Brazil - Champion - time: 3min.07s.

2012: Corrida Vertical Brasil - 30 floors - 672 steps - Vertical World Circuit (VWC) - Building Abril Edit. - Sao Paulo/Brazil - 5º overall e Brazilian champion - time: 3min.38s.

2012: 1ª Etapa Circuito Brasil de Corrida Vertical - 26 floors - 468 steps - Florianopolis/Brazil - 4º overall - time: 1min.48s.

2015: 1º Desafio Vertical Passo Fundo - 27 floors - 510 steps - Passo Fundo/Brazil - Champion - time: 2min.34s.

domingo, 14 de setembro de 2014

                   4ª Etapa da Copa União de Ciclismo 2014:
                      Campeão Geral Pinha Fixa roda 700r
                     Terceiro lugar Ciclismo Master B Speed















quarta-feira, 25 de junho de 2014

1ª Etapa Campeonato Gaúcho de Mountain-bike Maratona 2014



                    1ª Etapa do Campeonato Gaúcho de Mountain-bike 2014                                         Barra do Ribeiro/RS
                                                    Categoria Maratona 60km - Master B1
                                                      4º lugar geral com chegada no sprint!

 Foi uma prova dura pelo forte calor que fazia e também pelo forte rítmo imposto durante toda a prova.
                                    Confraternização com os bons atletas Danilo Elias e Marco Leis
                                                 Com o grande ciclista Marcelo Tentardine
                                                Junto também com o ótimo Fabiano "Bibi"
                                  Prestígio especial da minha filha amada e minha esposa amada!
     Com quase trinta atletas na largada fugimos entre quatro no meio da prova e decidimos no sprint!
                                                    Abraço a todos! "Eu nunca desisto".

terça-feira, 26 de novembro de 2013

         
     12 horas de Mountain-bike - Bombinhas em Santa Catarina
                                  (categoria solo masculino)
                                                "3º lugar"

 

A prova foi disputada em circuito de 4,8km aproximadamente em estradas de terra e praticamente todo plano. Devido ao atraso da largada a prova teve a duração de dez horas, larguei para a prova com minha meta em mente que era andar a 25km/h e completar 300km nas 12hs. Fechei as dez horas com 249km pedalados e 24.5km/h de média, a máxima ficou em 41,5km/h. atingindo meu objetivo.
Fui o terceiro colocado no geral solo masculino e fiquei muito feliz por ter me superado nessa prova que exigiu muito dos ciclistas devido ao forte vento contra de NE que atingia a metade da volta e também ao calor. 
Pontos positivos do evento: O Jânio Rossa e toda sua equipe que organizou o evento, o fotógrafo Fabrício Leite que alem de ótimo profissional é biker e muito gente boa, e todas as pessoas envolvidas e ciclistas que estavam na prova.



Pontos negativos: Atraso na largada, circuito com falhas para orientação dos ciclistas e também a possibilidade de atalhar durante a prova. Teve safado que atalhou na prova e subiu no pódium "enganando a si mesmo" e também aos outros que disputaram de forma limpa e justa.




Tive o apoio da minha esposa amada Melissa no meio da prova para me passar protetor solar, me alcançar o lote de gel, água e proteína para enfrentar o turno da tarde do desafio. Tive também o apoio de alguns ciclistas que não estavam correndo no momento.

 Foi uma prova dura e sofrida, foi no limite da dor!
"Eu nunca desisto"

Obrigado Deus, minha família e aos amigos que sempre me apoiam! Até o próximo desafio, boas pedaladas!!!!

domingo, 27 de outubro de 2013

           Desafio pessoal de MTB 510 km - 2 dias de pedal - Viamão -                                      São Sepé - Santiago/RS

                                          Finalizando o primeiro dia de pedal em São Sepé/RS;
                  Chegada na casa dos meus queridos e amados tios Brasil, Iolanda e primo Fábio(a chegada foi na noite de sexta-feira)

                                                             Tio Brasil é fora de série!
                       As terras dos meus tios amados me trazem as lembranças do meu querido pai!
Santiago/RS nas "Quatro Bocas" próximo a Vila Florida, esse é o nome do lugar onde moram meus tios e também onde meu pai viveu sua infância e juventude;
                                                             Lugar de paz e harmonia;

                                                              Fábio e tio Brasil Franco;
"Eu nunca desisto."